terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Marina, de Carlos Ruiz Zafón

"Marina me disse um dia que a gente só se lembra do que nunca aconteceu."
Barcelona, um internato, mansões antigas e com aquele ar de mistério do abandono e personagens com histórias surpreendentes e envolventes. Uma mistura de suspense, mistério, sobrenatural e sofrimento humano.

Óscar Drai é o nosso narrador e guia nessa história. Ele estuda em um internato e vive fazendo suas fugas para passear pelas ruas de Barcelona e respirar suas horas de liberdade. Numa dessas escapadas ele acaba entrando na vida de Marina Blau e seu pai, Gérman. Os dois vivem em uma daquelas mansões aparentemente abandonadas da cidade e completamente isolados do resto das pessoas, vivem em um mundo só deles. Óscar, que se sentia deslocado no mundo onde vive, acaba encontrando ali um local onde se sente bem e faz deles a sua própria família.

O livro me lembra muito outra obra bastante conhecida em suas adaptações nos palcos e nas telas: O Fantasma da Ópera, de Gaston Leroux.


O modo como os personagens se envolvem em um mistério que vira praticamente uma lenda urbana lembra muito a história do Fantasma. Suas vidas são viradas completamente do avesso e eles acabam vestindo uma aura sobrenatural, mas, no final, são todos humanos, só que com histórias, medos, angústias e traumas muito maiores que a maioria dos mortais. E o modo como somos sugados para dentro dos livros tentando montar todo o quebra-cabeça para explicar os mistérios no final são bem parecidos. O tempo todo eu só lembrava de ter sentido as mesmas coisas nas últimas páginas de O Fantasma da Ópera. E deu uma vontade de reler sobre minha soprano preferida, Christine Daae!


Marina foi o primeiro livro de uma série que começa agora: Os Livros Viajantes! Esse projeto envolverá quatro blogueiras (Thamires Marinho, Jade Amorim, Jeniffer Yara e moi) que irão tirar os livros de suas estantes e deixá-los fazer uma viagem sob a responsabilidade dos Correios para a estante das outras. A ideia começou comigo e Thamy e foi quando ela me mandou Marina. Depois que eu recebi o livro e vi que ele já tinha passado pelas mãos da Jade, ela também se interessou pela ideia e juntas chamamos a Jeniffer para se unir à nós!  O que queremos com isso é ter acesso a tipos diferentes de literatura, outros autores e novas obras, economizando dinheiro, já que livro nesse país é uma coisa cara, e dando uma história aos nossos livros. Cada uma de nós tem a responsabilidade de fazer uma resenha de cada livro lido neste projeto. E aí, o que acham?
Marina, de Carlos Ruiz Zafón;
Direto da estante da Thamy.

5 comentários:

Giovanna Alves disse...

Legal!! É multiplicar a estante por quatro =)

Acho que essa aura de mistério, sofrimento, e uma pitada sobrenatural é marca do Zafón.

Pelo menos pelo que percebi em "O Jogo do Anjo".

Vou já colocar Marina na minha lista de leituras futuras!

Thamy disse...

Odeio vc, é tão cult que consegue até fazer comparações! Eu mal posso fazer isso porque a minha memória não consegue associar fatos e coisas e tal.
Nossa, que projeto legal, se eu não tivesse nele eu com toda certeza pedir para entrar!

Beijos

Jéssica Cruz disse...

Que mágico! Bem melhor que as calças viajantes :P
E sobre a obra, se você reparar não são eles que tem as emoções mais intensas que meros mortais, na verdade, cada um vê o próprio problema muito maior que do outro, assim como felicidade, decepção etc.

Renan Mendes disse...

Vocês blogueiras e suas ideias legais. Bora botar esses livros pra viajar que eu quero literatura nova também!

Harley Quinn ❥ disse...

o livro parece bastante interessante. O que dizer do projeto? Perfeito, alem da interação entre blogueiras promove a leitura, muito bom.